quarta-feira, 17 de agosto de 2011

MATÉRIA EJA 3º FASE

CAPITULO I

HISTOLOGIA HUMANA: TECIDO
O QUE É TECIDO?
É um conjunto de células que executam a mesma função. Elas não são formadas somente de células, possuem também um material presente entre eles chamada – substância intercelular.
Os tecidos do corpo humana são classificados em 4 grupos: Epitelial, Conjuntivo, Muscular e Nervoso.

• Tecido Epitelial: Tem pouca substância intercelular, células bem próximas um das outras (células justapostas), intensa atividade reprodutiva e avascular. Ele é basicamente um tecido de revestimento mas pode apresentar funções diferentes como secreção e excreção, formando o tecido epitelial glandular e a captação de estímulos (olfatório e gustativo).
Então temos o tecido epitelial de revestimento (epiderme) e o tecido epitelial glandular (boca, bexiga, estomago, etc) e são revestidos por uma membrana mucosa (internamente) e temos a serosa (externamente) coração, pulmão.
Tem como função a divisão de organismos em compartimentos, defesa (barreira de proteção contra bactérias, vírus, etc) e absorção de nutrientes (revestimento interno do intestino)

Funções:
- revestir o corpo e forrar cavidades (boca, faringe, laringe, estômago, intestino, aparelho respiratório, aparelho urinário, vasos sangüíneos, etc);
- proteger o organismo contra atrito, invasão de microorganismo e evaporação;
- absorver alimento no intestino delgado;
- absorver oxigênio nos alvéolos pulmonares;
- secretar substâncias quando o tecido epitelial se modifica em tecido glandular.
Características do tecido epitelial:
- apresentar células justapostas;
- apresentar pouquíssima substância intercelular;
- possuir grande coesão entre as células.

Classificação do tecido epitelial:
1. quanto ao número de camadas de células que apresenta:
a) simples: uma única camada de células.
b) estratificado: várias camadas de células.

2. quanto ao formato das células:
a) cúbica.
b) cilíndrica.
c) pavimentosa.

Epiderme = tecido epitelial presente na pele.
- é um tecido epitelial estratificado;
- as células produzem a queratina que é uma substância que impermeabiliza a célula;
- forma as camadas mais superficiais da pele e é morta devido à impregnação da queratina;
-protege o corpo contra organismos invasores, contra raios solares, contra a ação de produtos químicos e atritos, contra a desidratação.

Tecido glandular ou epitélio secretor.
- é um tecido epitelial que se multiplica e penetra no tecido conjuntivo e passa então a produzir secreções;
- função: produzir substâncias que serão utilizadas em outras regiões do corpo.
- tipos: exócrina, endócrina e mista.

• Tecido Conjuntivo: Grande quantidade de substância intersticial, rico em fibras (colágenos, elásticas e reticulares) e vários tipos celulares.
Fibroblastos – formam fibras.
Macrófagos – células ricas em lisossomos (defesa).
Mastócitos – produção de heparina e histamina.
Plasmócitos – produção de anticorpos.
Melanócitos – produção de melanina.
Adipócitos – armazenamento de gordura

São 4 os tipos de tecido conjuntivo: Cartilaginoso, ósseo, adiposo e o sanguíneo. Tem como função ligar, sustentar e preencher espaços entre os órgãos e outros tecidos.

Funções desempenhadas pelo tecido conjuntivo:
a) preencher espaços vazios do organismo;
b) modelar as formas de determinadas partes do corpo;
c) sustentar e unir os órgãos do corpo.

Características principais:
a) apresentar abundante substância intercelular;
b) possuir fibras finas e entrecruzadas conhecidas como fibras colágenas, fibras elásticas e fibras reticulares.

1. Tecido adiposo.
- formado por células redondas, cheias de gordura (lipídeo = que é uma forma de reserva de energia do organismo);
- funções:
a) reservar energia: as células usam as gorduras para gerar energia;
b) proteger contra o frio: quando impede a perda de calor par o ambiente;
c) amortecedor contra choques mecânicos (pancadas);
d) envolver os órgãos, protegendo-os contra traumatismos durante os movimentos do organismo,

2. Tecido cartilaginoso.
- célula que o constitui chama-se condrócito;
- apresenta bastante substância intercelular rica em proteínas, o que faz com que as células fiquem isoladas umas das outras;
- apresenta fibras colágenas e elásticas;
- apresentam consistência firme e flexível;
- localizam-se nas orelhas, narizes e entre as articulações (onde dois ossos móveis se encontram).

3. Tecido ósseo.
- célula característica deste tecido é o osteócito, embora existam outros tipos;
- apresentam substância intercelular com muitas fibras colágenas e depósitos de sais de cálcio e fósforo (o que dá dureza ao osso);
- funções:
a) sustentar o corpo;
b) ponto de apoio para os músculos;
c) proteger órgãos;
d) produzir células do sangue (isto acontece na chamada medula óssea ou tutano);
e) formar o esqueleto o que permite a locomoção do homem.

4. Tecido sangüíneo ou sangue.
- diferente de outros tecidos porque apresenta uma substância intercelular líquida, denominada plasma.
- possui diferentes tipos de células que são chamados glóbulos sangüíneos ou elementos figurados.
Glóbulos sangüíneos são de dois tipos:
Glóbulos vermelhos ou hemácias:
- existem aos milhões no plasma;
- são células sem núcleo e, portanto vivem aproximadamente 120 dias;
- a maior parte do citoplasma está cheio de hemoglobina, molécula responsável pelo transporte de oxigênio do sangue.
Glóbulos brancos ou leucócitos:
- existem aos milhares no plasma;
- são células com núcleo que apresentam diferentes;
- fazem a defesa do organismo livrando-o do ataque de bactérias, vírus, fungos, ácaros, etc;
- produzem anticorpos que são moléculas de proteína que fazem a defesa do organismo.
-no plasma também são encontrados fragmentos (pedaços) de células chamadas plaquetas que são responsáveis pela coagulação do sangue.Atenção: as plaquetas não são células.

Tecido conjuntivo adiposo: células que acumulam gordura. Reserva de energia, proteção contra impacto e contra o frio, dar forma ao corpo.
Tecido conjuntivo cartilaginoso: células geralmente ovaladas (condrócitos) mergulhadas em substância rica em fibras de colágenos e elásticas que dão esse tipo de tecido consistência firme e flexível (ex: traquéia).
Tecido conjuntivo ósseo: Apresenta grande rigidez e resistência (ossos), as células se apresentam pontiagudas (osteócitos). A substância interna é rígida devido a presença de grande quantidade de sais minerais.
Tecido conjuntivo sanguíneo: células mergulhadas numa substância interna liquida chamada de plasma que contém água, proteínas e sais minerais.
É classificado em:
a) Mielóide – formador das hemáceas e alguns leucócitos (medula óssea vermelha)
b) Linfóide – formador de alguns leucócitos e plasmócitos (Gânglios Linfáticos).

ELEMENTOS FIGURADOS

Hemácias – células anucleadas, responsáveis pelo transporte de gases através do pigmento hemoglobina, rico em ferro e de cor avermelhada.
Leucócitos – células responsáveis pela defesa do organismo. Estão divididos em dois grupos: granulócitos e agranulócitos.
Plaquetas – não são células e sim fragmentos de célula denominadas megacariócitos. Estão relacionadas ao processo de coagulação do sangue

• Tecido Muscular: células alongadas com capacidade de contração (fibras musculares), tem como função a movimentação, ejeção de sangue, peristaltismo, locomoção.
São 3 os tipos de tecido muscular: Liso, cardíaco e esquelético.
dependendo do tipo de fibra podemos classificar o tecido muscular em:
a) liso:
- formado por fibras musculares lisas (que são células longa e fusiformes, isto é, gorda no centro e pontiaguda nas extremidades) com um único núcleo central.
- estas fibras musculares lisas geralmente apresentam cor branca quando agrupadas constituindo órgãos como estômago, intestino, esôfago, traquéia, brônquios, etc.
- este tipo de tecido muscular tem ação involuntária, isto é, contrai independente da vontade da pessoa.
- este tecido desempenha diferentes funções dependendo do órgão que está constituindo, por exemplo:
(I.) órgãos do tubo digestivo: empurrar o alimento ao longo deste sistema;
II.) controlar o diâmetro de brônquios, bronquíolos, vasos sangüíneos, pupila, etc;
III.) contrair o canal vaginal para permitir o nascimento do bebê;
IV.) quando está em volta das glândulas permite que as secreções sejam eliminadas quando ele se contrai.
b) estriado esquelético:
- formado por fibras musculares estriadas (que são células longas, cilíndricas) com vários núcleos distribuídos perifericamente;
- apresentam estrias transversais que são faixas mais claras e outras mais escuras, que se formam pela disposição das proteínas chamadas actina e miosina que fazem a contração muscular;
- este tipo de tecido muscular apresenta contração voluntária, ou seja, (o indivíduo decide se vai ou não contraí-lo);
- funções deste tipo de tecido muscular:
I.) quando se prende aos ossos permite a locomoção do organismo, é a parte ativa do sistema locomotor.
II.) podem sustentar órgãos no abdômen;
III.) são responsáveis pelas expressões fisionômicas e pelo movimento dos olhos quando se localizam sob a pele.
c) estriado cardíaco.
- formado por fibras musculares estriadas. Seu conjunto forma o músculo do coração conhecido como miocárdio.
- esta fibra também apresenta estrias (listinhas), porém apresenta um único núcleo central.
- além disso, essa fibra apresenta ramificações que se comunicam com outras fibras, isto é se anastomosam e dão a impressão que apresentam muitos núcleos;
- é um tecido de contração involuntária;
-responsável pelo batimento cardíaco.

Tecido nervoso: é formado por uma célula chamada neurônio que são células transformadas em fibras ramificadas, cuja função é transmitir o impulso nervoso. O neurônio é dividido em 3 partes:
a) corpo celular que é a região da célula onde está o núcleo;
b) dendritos que são as ramificações curtas desta célula;
c) axônio que é a ramificação longa do neurônio.
-a substância intercelular apresenta células menores chamadas neuroglia ou células da glia que são responsáveis por nutri e sustentar os neurônios, fagocitar resíduos e isolar eletricamente o axônio

Sinapse – passagem de estimulo nervoso de um neurônio para outro (local entre neurônios = sinapse nervosa)