sábado, 12 de fevereiro de 2011

AULA DE BIOLOGIA - 3º FASE/EJA (08/02/2011)

HISTOLOGIA ANIMAL – os tecidos animais podem ser classificados em quatro tipos funcionais:

 Tecido Epitelial - tecido que apresenta pouca substancias intersticial, células justapostas, intensa atividade reprodutiva e avascular.

Tecido Epitelial de Revestimento

* Forra todas as cavidades do corpo e toda a superfície externa. Basicamente pode apresentar uma única camada de células (epitélio simples), várias camadas (epitélio estratificado), uma camada de células em alturas diferentes (pseudoestratificado) ou conforme a distensão ou contração do órgão suas células variam (transição).


 MEMBRANAS - SEROSAS x MUCOSAS


Tecido Epitelial Glandular

Constitui o tecido formador das glândulas, elas são classificadas em:

 Glândulas Exócrinas – presença de ductos e lançam seu produto para o meio externo.

 Glândulas Endócrinas – não apresentam ductos e  a suas secreção é eliminada diretamente na corrente sanguínea (hormônio).

 Glândulas Mistas – possuem uma porção  endócrina e outra exócrina.

Tecido conjuntivo - grande quantidade de substância intersticial, rico em fibras (colágenas, elásticas e reticulares) e vários tipos celulares.
  •  Fibroblastos – formam fibras.
  • Macrófagos – células ricas em lisossomos (defesa).
  • Mastócitos – produção de heparina e histamina.
  • Plasmócitos – produção de anticorpos.
  • Melanócitos – produção de melanina.
  • Adipócitos – armazenamento de gordura.

Tecido Conjuntivo Propriamente Dito - localizado abaixo da epiderme, entremeado com outros tecidos, tem como principais funções: sustentação e nutrição de outros tecidos, acúmulo de gordura e resistência.

Tecido Conjuntivo Cartilaginoso – forma as cartilagens, sem vasos sangüíneos e linfáticos, sem nervos e com nutrição a partir do pericôndrio.

Tecido Conjuntivo Ósseo – tecido de sustentação, apresenta uma matriz óssea (substancia inorgânica 65% e substancia orgânica 35%)

Tecido Conjuntivo Hematopoético – é tecido formador dos elementos do sangue. É classificado em:

a) Mielóide – formador das hemáceas e alguns leucócitos (medula óssea vermelha)

b) Linfóide – formador de alguns leucócitos e plasmócitos (Gânglios Linfáticos).

Sangue
  • PLASMA - porção liquida do sangue, é basicamente formado por água (90%), corresponde a aproximadamente 55% do sangue. O fibrinogênio é a principal proteína encontrada no plasma.

Tecido Muscular - tecido de origem mesodérmica, sendo caracterizado pela propriedade de contração e distensão de suas células, o que determina o movimento dos membros e das vísceras.
  • Tecido Muscular Estriado – representa a maior massa do organismo. Tem como características: células alongadas, multinucleadas com núcleos periféricos, presença de estrias transversais, contração voluntária.
  • Tecido Muscular Estriado Cardíaco – apresenta células mononucleadas com núcleos centrais, apresenta estrias transversais e sua contração é involuntária.
  • Tecido Muscular Liso – tecido formador de algumas vísceras, com células alongadas e fusiformes; células mononucleadas e sua contração é involuntária.

Tecido Nervoso - tecido formador do Sistema Nervoso, responsável recepção de estímulos externos e condução dos estímulos recebidos para os músculos e glândulas, contraindo os primeiros e ativando as
secreções das últimas.

Neurônio – possui a capacidade de receber e transmitir o impulso nervoso.
  • Corpo Celular – parte mais alongada do neurônio, onde está localizado o núcleo.
  • Axônio – eixo cilíndrico, onde em sua porção final estão ramificações.
  • Dendritos – prolongamento que partem do corpo celular.
Sinapse – passagem de estimulo nervoso de um neurônio para outro (local entre neurônios = sinapse nervosa)